ACNE

Acne é uma condição da pele que ocorre quando os folículos pilosebáceos da pele ficam obstruídos por sebo e células mortas, colonizados então por bactérias.

Muito comum, acne também é o nome dado a espinhas e cravos que surgem devido a um processo inflamatório das glândulas sebáceas e dos folículos pilossebáceos.

Quando é mais comum ter acne?

Muito frequente na fase da adolescência, mas pode surgir também em adultos, principalmente em mulheres.

Além do incômodo das lesões, a aparência é um fator importante. O comprometimento estético por alterações da pele pode atingir o lado psicológico e estimular insegurança, timidez e a depressão.

A boa notícia é que existem tratamentos eficazes disponíveis – e quanto mais cedo iniciado, menor é o risco de cicatrizes.

acne na adolescência

Em qual idade geralmente surge acne?

Em geral a partir dos 11 anos. Mas também existe a acne neonatal, surge nos primeiros dias de vida e está relacionado aos hormônios maternos. Há também acne infantil, essa deve ser investigada a causa, algumas vezes podem estar relacionado a distúrbios hormonais graves. Fato que quanto mais cedo iniciar acne maior o risco de acne grave.

Porque surge acne?

Os hormônios sexuais, que começam a ser produzidos na puberdade, são os principais responsáveis pelas alterações das características da pele, assim como pelo surgimento da acne.

Onde e porque ocorre a acne?

As lesões ocorrem com mais frequência na face, mas também podem ocorrer nas costas, ombros e peito.

Origem hormonal

Esses hormônios, chamados andrógenos e estrógenos, são produzidos tanto pelos ovários (mulher) e testículos (homem) quanto pelas glândulas suprarrenais (duas pequenas glândulas situadas sobre os rins) em ambos os sexos.

A produção dos andrógenos é maior nos homens e a dos estrógenos é maior nas mulheres. São os andrógenos os responsáveis pelo início do funcionamento das chamadas glândulas sebáceas que são mais ativas na face, peito, costas e couro cabeludo.

Essas glândulas estão presentes desde o nascimento, mas são mais ativas na puberdade, época em que, em pessoas com predisposição genética, desencadeia mudanças relacionadas ao conteúdo de gordura (secreção sebácea) da pele e do couro cabeludo.

Quais os principais sintomas?

Os sintomas principais são: comedões (cravos); pápulas (lesões sólidas arredondadas, endurecidas e eritematosas); pústulas (lesões com pus); nódulos (lesões caracterizadas pela inflamação, que se expandem por camadas mais profundas da pele e podem levar à destruição de tecidos, causando cicatrizes) e cistos (maiores que as pústulas, inflamados, expandem-se por camadas mais profundas da pele, podem ser muito dolorosos e deixar cicatrizes).

O que pode causar piora?

Pode ocorrer piora relacionada a situações de estresse ou no período menstrual. Certos medicamentos como corticoides, vitaminas do complexo B, exposição exagerada ao sol, contato com óleos, graxas ou produtos gordurosos, época do ano (especialmente inverno), alimentos gordurosos, com alto índice glicêmico como os doces, leite e derivados, whey protein e, principalmente, o hábito de mexer nas lesões (“espremer cravos e espinhas”) pioram o quadro.

Acne é contagiosa?

A acne não é contagiosa e não se relaciona à “sujeira” da pele ou do sangue.

Estágios da acne

Como reconhecer a acne vulgar:

Pode apresentar lesões não inflamatórias que são os comedões (conhecidos como cravos) e inflamatórias, que são as pápulas, pústulas e nódulos (as espinhas). Dependendo da forma como se apresentar, pode ser classificada em quatro graus:

  • Grau I : presença de comedões;
  • Grau II : predominam lesões inflamatórias pápulo-pustulosas;
  • Grau III : apresentam nódulos e cistos;
  • Grau IV : forma grave caracterizada por nódulos maiores com saída de pus e fístulas (comunicação entre os nódulos).

Há também acne conglobata e a acne fulminans que a inflamação pode ser tão intensa, causando febre, mal estar associada a cicatrizes intensas.

Tenha uma idéia da evolução a partir da imagem abaixo:

estágios da acne

Como prevenir:

Para controlar a produção de sebo, é necessária a limpeza da pele com sabonetes e adstringentes apropriados duas vezes ao dia, alimentação equilibrada e uso de cosméticos oil free adequados. Para combater os cravos, é necessário tratamento tópicos à base de retinóides associados à limpeza de pele e peelings.

Com esses cuidados, é possível prevenir a proliferação bacteriana e a inflamação das glândulas sebáceas, controlando a acne.

 

 

Em qual idade as espinhas desaparecem?

Em geral na idade adulta. Porém há pessoas que a mantém mesmo nesse período. A acne também pode surgir na idade adulta em quem nunca teve.

Quem tem acne pode usar hidratante?

Em geral a acne ocorre em pessoas de pele oleosa e não há necessidade de usar hidratante devido o risco de deixa lá ainda mais oleosa porém algumas pessoas apresentam ressecamento na pele, seja pelo efeito colateral do tratamento, mudanças climáticas e etc. Nesse caso pode ser usado hidratantes específicos para pele acneica.

Maquiagem piora acne?

Depende, se produtos muito oleosos, podem sim piorar acne. Hoje já existem maquiagem específica para pele com acne.

Qual o melhor tratamento para acne?

Não existe o melhor tratamento, e sim aquele mais indicado para cada caso, o ideal é a acne ser tratada o mais precocemente possível.

Está ultrapassada a ideia de que não se deve tratá-la por ser considerada “própria da idade”, “de desaparecimento espontâneo com o tempo” ou “de não ser doença”.

Controle

Seu controle é recomendável não só por razões estéticas, como também para preservar a saúde da pele e a saúde psíquica, além de prevenir cicatrizes (marcas da acne) tão difíceis de corrigir na idade adulta.

E a melhor forma de evitá-las é começar o tratamento adequado o mais cedo possível. Ou seja, a acne tem tratamento e pode ser curada ou controlada. Porém, isso pode levar bastante tempo.

Importante: quem tem acne não deve, em nenhuma hipótese, manipular (cutucar ou espremer) as lesões, pois isso pode levar à infecção, inflamação e cicatrizes.

Tipos de tratamentos

Há opções tanto de terapia local, quanto por via oral, ou a combinação de ambas.

O tratamento vai variar de acordo com a gravidade e a localização, e em função de características individuais.

Lesões não inflamatórias

É necessário verificar se há lesões não inflamatórias (cravos) ou inflamatórias (espinhas, nódulos, cistos) ou cicatrizes predominam os comedões.

É indicado o tratamento tópico à base de Retinóides e outros associados à extração dos comedões por meio de limpeza de pelePeelings.

Lesões inflamatórias

Quando se apresentam lesões inflamatórias, associa-se também antibióticos de uso oral ou tópico.

Alguns tratamentos complementares ajudam a diminuir a inflamação, como por exemplo o Peeling, a luz pulsada e o laser.

Nas formas graves, com presença de nódulos e cistos, e nas formas mais leves que não melhoram com o tratamento, é indicado a Isotretinoina oral.

Após tratamento, se houver cicatrizes, é indicado tratamento com Peeling, Microagulhamento e laser.

Tratamentos durante a gravidez

Há sabonetes e produtos específicos para serem usados para acne na gravidez. Em algumas grávidas a acne pode piorar consideravelmente.

 

 

Anticoncepcional melhora acne?

O tratamento hormonal, com anticoncepcionais orais, é sempre útil para as mulheres, desde que não existam contraindicações.

Isotretinoina oral

Quando usar Isotretinoina oral?

Quando não há uma boa resposta aos tratamentos e se percebe uma tendência para cicatrizes ou um importante impacto negativo na qualidade de vida, deve ser indicada a Isotretinoína oral.

A indicação acontece mesmo em casos moderados, desde que não haja contraindicação.

A substância é absolutamente contraindicada quando há possibilidade de gravidez, pois pode causar danos graves ao feto.

Quais os efeitos colaterais mais comuns da Isotretinoina?

Os efeitos colaterais mais comuns são:

  • Ressecamento dos lábios;
  • Ressecamento do nariz
  • Ressecamento dos olhos
  • Ressecamento da pele do corpo
  • Aumento do colesterol, triglicerídeos e enzimas hepáticas.

Portanto, são necessários exames de sangue antes e durante o tratamento.

É obrigatório verificar por uma póssível gravidez e em alguns casos aguardar a menstruação para iniciar o tratamento.

Também é importante se assegurar sobre o uso de métodos anticoncepcionais.

O anticoncepcional deve ser iniciado um mês antes do tratamento e mantido durante o período de um mês após a suspensão da Isotretinoina.

Quem usa Isotretinoina não pode engravidar?

No momento do uso não. Não existem riscos para gestações no futuro.

Quais os procedimentos auxiliam no tratamento da acne?

Procedimentos complementares que ajudam no controle da acne são:

  • Extração de cravos;
  • Drenagem de abscessos;
  • Infiltração com corticoides em lesões nodulares muito inflamadas ou em cicatrizes elevadas;
  • Peelings químicos;
  • Microdermabrasão;
  • Alguns tipos de laser, luzes e esfoliações químicas.

Orientação para não manipular as lesões e proteção solar são ações coadjuvantes importantes durante o tratamento.

Limpeza de pele

A limpeza de pele, quando bem indicada pelo dermatologista, e bem executada por esteticista treinado, pode ser um ótimo complemento do tratamento de algumas formas de acne.

Observação: nunca uma limpeza de pele feita por leigos pode ser considerada forma de tratamento.

Influência entre a alimentação e a acne

À associação entre alimentação e acne é bastante controversa. Vários estudos tem demonstrado que o leite de vaca e seus derivados podem sim causar acne.

Ele estimula a produção de sebo e a comedogenese na pele resultando no surgimento de acne.

Chocolate causa espinhas / acne?

Chocolate, cacau em si não. A piora pode ser porque é um alimento que é composto por leite e açúcar.

Suplementos e Whey causam espinhas?

O whey derivado do leite vaca pode sim causar acne em pessoas predispostas, mas não em todo mundo. Se caso note piora ou resistência aos tratamentos, deve se trocado o whey por whey de outras origens que não do leite.

Acne da mulher adulta

acne na mulher adulta

Isso mesmo, pode existir sim acne na idade adulta. Há dois subtipos clínicos: acne ” persistente”  que é uma continuação da doença desde a adolescência e a acne de início tardio, que inicia-se na idade adulta.  naquelas mulheres que sempre tiveram pele ainda é na idade adulta inicia com acne.

Como são os sintomas da acne da mulher adulta?

As características desse tipo de acne é diferente da acne da adolescência. Acomete mais na região mandibular e pescoço, as lesões são mais inflamatórias (com pápulas, pústulas e nódulos) associada a coceira, principalmente na região mandibular, queixo e pescoço.

acne adulta é geralmente de grau leve a moderado apesar de durar longo período. Parece ter influência com ingestão de certos alimentos (com alta carga glicêmica), estresse, luz ultravioletaobesidade, hereditariedade, disfunção hormonal e aumento da sensibilidade dos receptores das glândulas sebáceas aos hormônios. Sempre investigar disfunção hormonal.

Esse tipo de acne pode indicar um distúrbio endócrino subjacente, embora raro, deve ser investigado através de exames.

Qual e o tratamento para acne da mulher adulta?

É um tipo de acne refratária ao tratamento, a pele mais madura irrita com maior facilidade com certos tratamentos tópicos.  O tratamento depende do grau da acne e em geral feito com antiandrogenios, por exemplo anticoncepcionais que tenham essa característica, ácidos, antibióticos e as vezes até isotretinoina. É importante associar limpeza de pele e peeling.