MMP®

Um método relativamente recente no mercado, que tem feito bastante sucesso ultimamente, é a MMP (Micro infusão de Medicamentos na Pele).

O que é a MMP

Trata-se de um método capaz de inserir medicamentos ativos diretamente no local onde é necessária a aplicação. Tudo isso de forma mais eficiente e menos dolorida.

Vários problemas que afetam a pele tais como: calvície masculina e feminina, envelhecimento, leucodermia gutata, quelóides, estrias, melasma, seringomas, verrugas e até psoríase.

Com essa finalidade, o dermatologista brasileiro, Samir Arbache, desenvolveu uma técnica que permite a introdução de medicamentos estéreis no local adequado de ação tornando o tratamento mais eficaz, rápido e praticamente indolor.

Método de entrega de medicamentos

A medicação é introduzida na pele através de um aparelho que utiliza micro agulhas, em um movimento de vai e vem, com velocidades e profundidades adequadas para que possa agir no local ideal para tratar as doenças de pele.

microinfusao de medicamento na pele

No tratamento da alopécia androgenética (calvície), por exemplo, onde essa técnica tem tidos os resultados mais consistentes. A aplicação é feita na área afetada do couro cabeludo sob anestesia local, com intervalo mensal. A quantidade de sessões necessárias depende do estágio da queda capilar.

mmp para tratamento da calvicie feminina

Remoção de manchas da pele

No caso das manchas brancas nos braços e pernas causadas pelo sol (leucodermia gutata), a MMP irá provocar um estímulo ao retorno da pigmentação natural da pele.

O processo obtém uma resposta que pode ser observada em torno de duas semanas após a aplicação.

Procedimento indolor

Além disso, nesse caso não há necessidade de anestesia e o tratamento é muito bem tolerado, apenas com um leve desconforto. Antes da introdução do MMP essas manchas tinham difícil resolução.

Suavizando cicatrizes e quelóides

As cicatrizes hipertróficas e os quelóides também podem ser tratadas com a MMP.

Utiliza-se medicamentos que atuam diminuindo a altura, rigidez e alargamento dessas cicatrizes, além de um retorno à cor natural da pele.

Para que mais serve a MMP

Também são tratáveis por MMP o envelhecimento da pele, estrias, melasma (manchas escuras no rosto), seringomas (pequenas bolinhas abaixo dos olhos), verrugas e até psoríase.

É importante destacar que esta técnica exige conhecimentos específicos para ser realizada. É por essa razão que recomenda-se aos pacientes, que busquem dermatologistas da Sociedade Brasileira de Dermatologia.

Como é realizado o tratamento com MMP ?

A técnica é utilizada em consultório e em geral as sessões são realizadas com intervalo de 30 dias. O número das sessões depende de cada caso, em geral são realizadas no mínimo 3 sessões.

A MMP utiliza um aparelho de fabricação alemã com diminutas 27 agulhas na extremidade. Tanto a velocidade quando a profundidade de penetração pode ser finamente controlada pelo dermatologista.

As agulhas são imersas nos medicamentos estéreis, que são infiltrados no couro cabeludo e na pele.

tratamento mmp na tricologia

Absorção do medicamento

A pele e um órgão que funciona como barreira. Toda vez que aplicamos um medicamento sobre ela, parte será perdida, não sendo absorvido 100% do medicamento.

Por isso a demora na resposta dos tratamentos e a necessidade de várias aplicações.

No MMP, o medicamento é inserido diretamente no local desejado. Através das micro perfurações, geradas por agulhas fininhas, geram um resultado mais eficiente e rápido.

Além disso, pode-se realizar o tratamento em intervalos maiores, já que o medicamento depositado irá agir no local agindo por um período maior que em outros tratamentos.

A MMP é igual para todo paciente ?

Não. Os medicamentos utilizados são escolhidos para cada paciente, a escolha depende da causa da queda de cabelo, se tem origem genética, no pós-parto, por deficiência vitamínica, por doença auto-imune, por uso de químicas e etc.

Também é muito importante avaliar se o paciente não possui nenhum tipo de problema de saúde que o impeça de usar determinado medicamento nas sessões.

Por isso é feita uma criteriosa avaliação com a tricologista e também através de exames laboratoriais.

O que podemos tratar com MMP?

MMP no tratamento da queda de cabelo

A principal indicação para utilização do MMP é para o tratamento das alopécias (queda de cabelo). Os resultados são surpreendentes.

Antes da utilização desta técnica, dispúnhamos de certa limitação de opções para tratamento da calvície, chegando o paciente a ficar extremamente calvo ainda muito jovem.

Calvície na terceira idade

Hoje com o arsenal terapêutico disponível, é possível reduzir e até parar a evolução da calvície. Muita das vezes, o paciente manter os cabelos até a velhice.

Com essa tecnologia podemos tratar desde eflúvio telógeno (queda acentuada dos fios) até mesmo da alopécia androgenética (calvície).

É possível também melhorar o aspecto dos cabelos, estimulando a formação de cabelos mais saudáveis, brilhantes e resistentes.

Em cada situação escolhemos as medicações adequadas para infiltrar toda a área afetada do couro cabeludo.

mmp no tratamento da calvice

mmp no tratamento da queda de cabelo

MMP no tratamento de cicatrizes

As cicatrizes são lesões bem difíceis de retirar, porém podem ser corrigidas e melhoradas com o uso da Micro infusão de Medicamentos na Pele.

O procedimento é usado em cicatrizes mais altas (hipertróficas ou queloidianas).

MMP no tratamento de manchas na pele

O melasma está no alvo da MMP. Essa é uma mancha causada pelo sol e por fatores genéticos.

Com o MMP, os princípios ativos que inibem a atividade dos melanócitos e a produção de pigmentos são inseridos diretamente na pele.

O procedimento é levemente doloroso e pode ser feito com anestesia local ou injetável. A técnica é delicada e exige profissional treinado para que não haja efeito rebote (piora da mancha).

Outras indicações para a MMP

A MMP, além das indicações acima citadas, é utilizada também para tratamentos de rejuvenescimento do rosto nas pacientes com primeiras marcas de expressão.

Agradecimento

Expresso aqui minha eterna Gratidão ao Dr. Samir Arbache e Dra Dirlene Hott pelo incessável empenho na descoberta e aprimoramento dessa técnica.

Sou extremamente grata a eles por terem passado o conhecimento e me ensinado essa técnica que tem ajudado tanto a melhorar a auto estima dos meus pacientes.

Muito honrada pela minha formação em tricologia ser no berço onde nasceu o MMP.