Olheiras

As olheiras são um tormento na vida de muitas pessoas. Todos os incômodos estéticos, obviamente, geram desconforto, mas os que são referentes a região facial, são ainda mais eminentes.

As olheiras podem surgir por motivos variados, podem ter intensidades leves, médias ou profundas. Mas, independente disto, elas podem levar, inclusive a problemas emocionais, psicológicos e depressão.

É muito comum ouvir que o cansaço é o principal causador da olheira. Mas não é só daí que surgem as manchas escuras na região dos olhos.

Muitas vezes a olheira é genética e costuma ser percebida após os 30 anos. Que é quando a pele entra num processo mais acentuado de envelhecimento.

olheiras

Quais as principais causas?

Como citado acima, o cansaço, estresse e a genética são algumas das causas para o surgimento das olheiras.

Já alguns casos, como alergia, gripe, anemia, menstruação e o cigarro podem agravar as olheiras. Mas há vários outros fatores, que vamos citar aqui:

Formato do rosto

Além desses motivos muito conhecidos, outro fator inusitado é o formato do seu rosto.

Algumas pessoas têm calhas lacrimais profundas sob os olhos e o sombreamento pode causar o aparecimento de pontos mais escuros.

A solução para este tipo de incômodo pode estar nos preenchimentos feitos por um profissional especializado.

Vasos sanguíneos abaixo dos olhos

Problemas com vasos sanguíneos também pode ser um dos motivos das olheiras. Algumas pessoas têm muitas veias azuis sob os olhos. Elas fazem a região parecer mais escura, parecendo olheiras, quando não são.

Exposição ao sol

O sol também pode ser um grande vilão. Pois os danos causados por ele mostram-se mais rapidamente nesta área. Ou seja, não esqueça o filtro solar.

Má circulação sanguínea

A má circulação sanguínea também pode ser uma causa para o surgimento das olheiras.

Para combater as inflamações e obstruções nos vasos sanguíneos da região dos olhos é preciso procurar ajuda médica.

Noites mal dormidas

Uma noite mal dormida também dificulta o processo de drenagem do líquido dentro dos vasos. Quando temos uma noite mal dormida, a musculatura dos olhos fica tensa, não relaxa. O  que leva o aumento do calibre dos vasos, o que deixa a coloração arroxeada.

Tipos de olheiras

Há vários tipos de olheiras, causas e tratamentos disponíveis para amenizar e eliminar as indesejadas manchas escuras que surgem ao redor dos olhos:

Olheiras profundas

As olheiras profundas costumam ficar aparentes mesmo com maquiagem devido ao sulco abaixo dos olhos.

Normalmente, a origem das olheiras profundas está na estrutura óssea facial. O sulco lacrimal apresenta-se um pouco mais profundo por conta de uma questão anatomicamente determinada, com uma pele mais fina e um subcutâneo mais escasso.

olheiras profundas

A idade pode agravar o caso, por conta do envelhecimento, além de fatores externos que podem piorar o quadro.

A flacidez muscular e cutânea também contribui, assim como noites mal dormidas, álcool, tabaco, certas medicações e problemas sistêmicos, como doenças respiratórias e cardíacas.

Olheiras escuras – Por Hiperpigmentação

As manchas escuras ao redor dos olhos, costumam dar sinal de vida com o avanço da idade. Além da herança genética, podem ocorrer após distúrbios inflamatórios, alergias de contato e doenças como dermatite atópica, asma, desordens fisiológicas e patológicas.

Além desses motivos, as olheiras escuras também podem ser resultado de uma noite mal dormida e da falta de proteção solar na área.

No caso das insônias, as olheiras surgem pois o corpo começa produzir cortisol de uma forma mais intensa toda vez que o corpo está cansado.

Esse hormônio dilata os vasos sanguíneos, causando as manchas escuras por deixá-los bem mais visíveis na região dos olhos.

olheiras escuras

Para tratar esse tipo de olheira, primeiramente é preciso procurar um dermatologista, para identificá-la e sugerir o melhor tipo de clareamento.

Se  vale a pena investir em um clareamento a laser ou intensificar o cuidado com produtos específicos – como é o caso dos cremes clareadores, do BB Cream e, claro, do protetor solar.

Olheiras inchadas

O inchaço nos olhos pode ter muitas causas. Entre as mais comuns estão a retenção de líquidos, alergias, insônia, choro excessivo, gripe e cansaço. Esses fatores não deixam a pele descansar, e acabam levando ao inchaço da região dos olhos.

olheiras inchadas

De um modo geral, o inchaço nos olhos é fácil de resolver com algumas receitas caseiras. Os suavizadores de olheira, por exemplo, têm resultado instantâneo e diminuem o inchaço da região.

Isto porque aumenta a circulação da área e estimula o maior fluxo de sangue pelas substâncias regeneradoras presentes na fórmula, como a cafeína.

Uma outra opção são os esfoliantes e cremes próprios para essa região e que relaxam a área dos olhos, pois ajudam a diminuir o inchaço e clarear as olheiras discretamente.

Olheiras avermelhadas

Também conhecida por olheira vascular é causada pelo acúmulo de hemossiderina ou pelo aumento de vasos sanguíneos na região dos olhos.

A olheira vascular pode levar aos tons azulados, arroxeados ou avermelhados, devido à coloração do pigmento sanguíneo.

É comum surgirem após uma noite de sono ruim ou em pessoas que estão cansadas. Casos de rinite alérgica, tabagismo e alimentação rica em sal agravam o quadro.

olheiras avermelhadas

Olheiras hereditárias

Algumas olheiras têm caráter hereditário e são muito comuns em pacientes de pele morena, negra ou com descendência árabe e indiana.

Isto, porque há um acúmulo de melanina na região das pálpebras, o que acaba tornam as marcas mais intensas.

O primeiro passo para tentar clarear a região é utilizando cremes despigmentantes – como ácido kójico ou tranexâmico.

Caso não chegue ao resultado esperado, é hora de partir para a realização de procedimentos como peelings clareadores, luz intensa pulsada (LIP), laser e a aplicação de radiofrequência pulsada com multiagulhas

Olheiras na gravidez

Ao longo da gestação muitas mudanças acontecem no corpo da mulher e com os olhos não seria diferente.

Normalmente, os problemas relacionados aos olhos que surgiram durante a gestação desaparece após o parto. Mas, aquelas que já têm a predisposição para o surgimento das olheiras, provavelmente precisará de alguns tratamentos ou uso de produtos específicos.

É muito importante que os tratamentos tenham um acompanhamento médico, para evitar qualquer situação prejudicial ao bebê.

Opções caseiras

Há também algumas opções caseiras que ajudam a amenizar o aspecto de cansaço.Para ajudar no pré e pós parto, o corretivo é uma boa pedida. Lembrando que ele deve ser um pouco mais claro do que o tom da sua pele.

Chá morno aplicado na região também ajuda. Coloque o próprio sachê da infusão do chá de camomila ou verde em cima das manchas arroxeadas, ajuda na circulação.

Cremes faciais

Com prescrição médica, o uso de cremes faciais podem ajudar também. O ideal é utilizar produtos à base de ginkgo biloba, argireline e vitamina C, que são seguros tanto para grávidas como para lactantes.

Opções de tratamentos para olheiras

Como vimos acima, há vários motivos para o surgimento das olheiras e cada paciente é um caso único. Recomendamos uma visita ao seu dermatologista para conferir os fatores que influenciam no seu caso.

Há variados tratamentos para olheiras e cada um deles é indicado para casos específicos. Veja:

Ressaltamos que a cirurgia só é recomendada em casos avançados, que apresentam bolsas e quando não há outra opção. O ideal é sugerir sempre o tratamento com melhor resultado e que seja menos invasivo.

Prevenção e tratamento

São tantos os motivos que podem te levar às olheiras que será necessário uma avaliação cuidadosa antes de se definir qual é o tratamento ideal.

Consulte o seu dermatologista e certifique-se das causas pois, muitas vezes os pacientes possuem mais de um tipo de olheira.

Certifique-se de que receberá um tratamento individualizado, fazendo uso das melhores opções, menos invasivas, para o seu caso.

Sinta-se à vontade para agendar uma visita à nossa clínica!